web analytics
Início / Conteúdo / Que pena…

Que pena…

[ad_1]

O julgamento na Primeira Comissão Disciplinar do pomposo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o Vasco com a perda de seis mandos de campo no Campeonato Brasileiro.

No entendimento dos auditores, o clube infringiu ao menos dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBDJ) no triste episódio após o clássico com o Flamengo, no dia 8 de julho.

Aplicaram também uma multa de R$ 75 mil, por estar incurso num terceiro artigo do CBJD _ todos versando sobre desordem no estádio, arremesso de objetos ao campo e falta de estrutura.

Em síntese, na esfera desportiva, o clube foi responsabilizado pelo tumulto ocorrido num jogo em que tinha o mando do campo, tendo agora que mandar as partidas num raio de 100km, mas nos limites do estado.

Assim: pode jogar no Estádio da Cidadania, em Volta Redonda, mas não pode no Estádio Municipal de Juiz de Fora, em Minas Gerais, ou no Kleber Andrade, no Espirito Santo.

Seja onde for, está autorizado a vender ingressos, ativar os benefícios do plano de sócio torcedor e, até contar com os imbecis (me descupem o termo) que acham ser possível destituir o presidente atirando bombas no gramado.

Mais, até: tais partidas serão policiadas pelo mesmo grupamento militar que não conseguiu prever, em seu plano estratégico de ação tática, que tal conflito se estabelecesse.

Mesmo estando presente a todos os jogos em São Januário e mesmo sabendo do racha político na principal facção organizada, fato causador de outros distúrbios em partidas lá realizadas neste mesmo Brasileiro.

Resumo: nenhuma responsabilidade civil e ninguém preso ou processado _ nem mesmo o tal PM que, como torcedor rubro-negro, ganhou destaque nas redes sociais se vangloriando de atirar bombas de gás nos vascaínos.

Mas, para o bem do futebol brasileiro (sic) e dos arruaceiros, o Vasco jogará longe de sua sede e o estádio de São Januário ficará sem partidas de futebol, por ora, até outubro.

Presume-se que, depois disso, não haverá mais distúrbios em São Januário, no Maracanã, no Nílton Santos, na Arena do Urubu, aqui e acolá…

Mesmo com tantos irresponsáveis à solta…

[ad_2]
Source link