web analytics
Início / Conteúdo / Em grande jogo, Botafogo derrota o Sport

Em grande jogo, Botafogo derrota o Sport

[ad_1]

Antes do segundo minuto de jogo o Botafogo abriu o placar com Rodrigo Lindoso, em gol irregular porque a bola bateu em Roger, que estava impedido.

Entraria de qualquer jeito, mas a regra é claro.


Você acha que o Sport sentiu?

Que nada!


Empatou com Rithely seis minutos depois e, mais importante, jogava no Nilton Santos como se estivesse na Ilha do Retiro.


Sem que a bola queimasse em seus pés, os jogadores do Sport trocavam passes sem cerimônia e produziam jogadas mais perigosas que os anfitriões, óbvio mérito de Luxemburgo que, mesmo sem quatro titulares a começar pelo goleiro Magrão, montou uma equipe confiante em potencial.

O Botafogo, ao seu estilo, buscava os contra-ataques.

Mas era o Sport quem mais criava, com pelo menos duas jogadas espetaculares de Diego Souza, numa delas com André desperdiçando ótima chance.

No segundo tempo o panorama mudou um pouco e Agenor lembrou Magrão ao evitar o gol de Pimpão em cabeçada à queima-roupa.

Aos 24, no entanto, depois de bela combinação do ataque botafoguense, o goleiro se posicionou mal para tentar evitar o chute cruzado de Guilherme que fez 2 a 1.

Um prêmio ao Glorioso carioca, mas castigo ao Leão recifense.

O Fogão ainda a acertou o cocoruto do travessão pernambucano com João Paulo.

A resposta veio a seguir e numa falha de Jefferson por pouco o Botafogo não marcou contra.

O jogo era bom e lá e cá.

Nos contra-ataques o Botafogo terminou o jogo mais perto do terceiro gol.

Mas foi daqueles raros jogos em que ambos mereceram vencer.

[ad_2]
Source link